Um pedido de desculpas

Olá, seres humanos e não-humanos!
Como vai a vida? Por aqui está indo bem, acho. HEhe.
Então, animados para o texto dessa segunda-feira? Hoje o tema é um pedido de desculpas.

A gente podia nascer com um manual. Se nascesse, haveria, na primeira página, um aviso enorme em letras garrafais dizendo para TOMAR CUIDADO COM AS SUAS PALAVRAS. Mas nós não nascemos com guias do que fazer. Infelizmente. Imagine o quão mais simples seria!
Lá pra página trinta, depois de especificar todas as características do produto, o manual explicaria o que fazer quando a gente ignora aquele aviso da primeira página. Desse jeito, talvez fosse mais fácil.
Mas não é.

“Sobre aquilo, eu…”
“Não. Não importa.” Aquela voz, contudo, deixava explícito exatamente o contrário.
“Eu não pensei no que eu estava fazendo”
Minutos de silêncio. Acho que eu ia morrer.
“Eu sei.”
“Então por que continua assim?”
Um suspiro, longo e sofrido. Aqueles pequenos gestos de decepção faziam que meu coração se esmagasse sozinho dentro do meu próprio peito.
“Porque você devia saber.”

Daquela vez, quem deixou o silêncio perpetuar fui eu.

“Desculpa.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe a sua opinião! Ela é muito importante para mim.

© Giulia F Ferreira - 2016. Todos os direitos reservados. Criado por: Giulia F Ferreira. Tecnologia do Blogger.