#5 No fim do túnel


— Você vai fumar? — sua voz soou autoritária.
Não impedi uma risada de puro escarnio de sair.
— O que você tem a ver com isso?
— A idiossincrasia dos viciados ataca mais uma vez.
— Eu não sou viciado. Não mais.
— Então o que faz com esse maço de cigarros? — provocou-me.
A raiva me subiu o rosto. Podia senti-lo quente, fervilhando de ódio.
— E não me diga que gosta de brincar com o perigo. — continuou — Sabemos que não é verdade.
— Você não sabe de nada. — explodi.
A risada fantasmagórica me fez arrepiar por completo.
— Aí é que se engana. Eu sei de tudo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe a sua opinião! Ela é muito importante para mim.

© Giulia F Ferreira - 2016. Todos os direitos reservados. Criado por: Giulia F Ferreira. Tecnologia do Blogger.